Nos, os Humanos, e nossas aglomerações

Sem sombra de duvida desde o surgimento dos seres humanos na face da terra, as suas alternativas de vida trouxeram grandes modificações ao próprio sistema do território. Enquanto os territórios eram disputados por grandes predadores e outras ordas de animais de pequeno e médio portes, havia uma grande disputa pela sobrevivência. No entanto, nem sempre o tamanho dos predadores resultava em avanço do desenvolvimento.

De uma maneira bastante rápida para os tempos históricos houve uma distinção entre as espécies , como pode ser visto na figura que se segue.

Pré-História e evolução dos hominídeos

No entanto, para além das diferenças fisiológicas, houve um fator que modificou profundamente este processo – a fixação dos agrupamentos em uma mesma localidade, podendo ser tanto vizinho a uma área repleta de alimentos, quanto o interior de uma caverna, que protegia tanto das intempéries climáticas.

No entanto, estas modificações trouxeram um imenso avanço aos agrupamentos humanoides e, finalmente a sua supremacia sobre os demais conjuntos de seres viventes.

Pintura Rupestre

Com o passar das eras, a identificação da supremacia humanoide foi se aperfeiçoando a partir da sua fixação no território e no desenvolvimento da agricultura.Como fica patente, as aglomerações humanas definiram uma novo padrão de ocupação no planeta.

Milênios apos termos ocupados todos os territórios e termos nos tornado a espécie dominante no planeta, estamos encarando um novo problema baseado em dois aspectos básicos, nosso crescimento populacional e o impacto que geramos na face do planeta tanto no sentido de ocupação quanto do crescimento das doenças que ocorrem especificamente nos seres humanos, que para nos orientarmos melhor, são chamadas de Pandemias.

As duas guerras mundiais causaram imensas destruições tanto dos bens materiais quanto das vidas tolhidas, sendo que o desenvolvimento bélico aperfeiçoou nossa arte de matar.

Atualmente, para além das guerras os seres humanos se dão conta de que a ocupação de todo o planeta esta criando um novo inimigo – as doenças resultado das nossas imensas aglomerações urbanas, onde algumas forma definidas como Pandemias.

As doenças passaram a infectar toda a população mundial, agora agrupada em grandes concentrações humanas, matando populações na mesma proporção que as antigas guerras proporcionavam.

Neste momento, as grandes protagonistas são as densas áreas urbanizadas, que tomaram o território do planeta, resultado da necessidade da execução tanto de produtos manufaturados do qual dependemos, assim como das áreas necessárias a produção de alimentos, sem os quais deixaríamos de existir.

Foto da Terra vista do espaço

As doenças que nos atingem hoje apresentam um problema que esquecemos de pensar, talvez por imaginarmos que um dia mandaríamos parte da população humana para outros planetas ou que dominaríamos todas as nossas morbidades.

No entanto temos que achar respostas logo ou teremos que ver acontecer as histórias de ficção científica onde a nossa sociedade dividida em porcões que tem acesso a tudo de bom que a humanidade já realizou e daquelas que só sofrerão para que se tenha tudo daquilo já criado.

Blade Runner, o Caçador de Andróides : Foto
Blade Runner

É importante que se diga, que tudo se encontra absolutamente conectado, ou seja nosso sistema econômico, as nossas necessidades formalizadas pelas grande aglomerações urbanas e a necessidade da manutenção de cerca de 8 bilhões de habitantes no planeta .

Podemos fazer melhor, e teremos que fazer de forma a assegurar um futuro tanto para os nossos filhos como para todo o planeta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: